20 de Junho

DEVOCIONAL DO PR. LARRY STOCKSTILL

Micaías, porém, disse: “Juro pelo nome do Senhor que direi o que o Senhor me mandar.”

—1 Reis 22:14

Concessão é o preço que uma pessoa está disposta a pagar para um falso deus. Esse era o problema de Josafá. Em um esforço para promover a paz e unidade, ele estava disposto a se aliar com Acabe, um homem que era mal e perverso perante Deus. (1 Reis 22:4).

Pessoas geralmente fazem concessões porque desejam ser socialmente aceitas. Elas ignoram desvios gritantes da Palavra de Deus a fim de manter relacionamentos. Micaías, entretanto, recusou se comprometer ou até mesmo fazer uma concessão ao falso sistema religioso de Acabe. Ele estava disposto a enfrentar ataque físico e aprisionamento simplesmente para manter o testemunho da verdade contra Acabe (1 Reis 22:17, 22-24). Confinado na prisão, no entanto, Micaías estava mais seguro do que Josafá, que quase perdeu sua vida na breve batalha que se seguiu.

Olhe ao resultado final de concessões, e estabeleça na sua mente que você não deve nenhuma lealdade aos ídolos desse mundo. Eles e seus adoradores um dia perecerão com o mesmo destino de Acabe!

Leitura diária

(1 Reis 22:1-53 | Salmos 138:1-8 | Provérbios 17:17-18 | Atos 13:16-41)

1 Durante três anos não houve guerra entre a Síria e Israel.
2 Mas no terceiro ano, Josafá, rei de Judá, foi visitar o rei de Israel.
3 Este havia perguntado aos seus oficiais: “Por acaso vocês não sabem que Ramote-Gileade nos pertence, e ainda assim não estamos fazendo nada para retomá-la do rei da Síria? ”
4 Então perguntou a Josafá: “Irás comigo lutar contra Ramote-Gileade? ” Josafá respondeu ao rei de Israel: “Sou como tu, e meu povo é como o teu povo, e os meus cavalos são como se fossem teus”.
5 Mas acrescentou: “Peço-te que busques primeiro o conselho do Senhor”.
6 Então o rei de Israel reuniu quatrocentos profetas, e lhes perguntou: “Devo ir à guerra contra Ramote-Gileade, ou não? ” Eles responderam: “Sim, pois o Senhor a entregará nas mãos do rei”.
7 Josafá, porém, perguntou: “Não existe aqui mais nenhum profeta do Senhor, a quem possamos consultar? ”
8 O rei de Israel respondeu a Josafá: “Ainda há um homem por meio de quem podemos consultar o Senhor, mas eu o odeio, porque nunca profetiza coisas boas a meu respeito, mas sempre coisas ruins. É Micaías, filho de Inlá”. “O rei não deveria dizer isso”, Josafá respondeu.
9 Então o rei de Israel chamou um dos seus oficiais e disse: “Traga Micaías, filho de Inlá, imediatamente”.
10 Usando vestes reais, o rei de Israel e Josafá, rei de Judá, estavam sentados em seus tronos, na eira, junto à porta de Samaria, e todos os profetas estavam profetizando em transe diante deles.
11 E Zedequias, filho de Quenaaná, tinha feito chifres de ferro, e declarou: “Assim diz o Senhor: ‘Com estes chifres tu ferirás os arameus até que sejam destruídos’ “.
12 Todos os outros profetas estavam profetizando a mesma coisa, dizendo: “Ataca Ramote-Gileade, e serás vitorioso, pois o Senhor a entregará nas mãos do rei”.
13 O mensageiro que tinha ido chamar Micaías lhe disse: “Veja, todos os outros profetas estão predizendo que o rei terá sucesso. Sua palavra também deve ser favorável”.
14 Micaías, porém, disse: “Juro pelo nome do Senhor, que direi o que o Senhor me mandar”.
15 Quando ele chegou, o rei lhe perguntou: “Micaías, devemos ir à guerra contra Ramote-Gileade, ou não? ” Ele respondeu: “Ataca, e serás vitorioso, pois o Senhor a entregará nas mãos do rei”.
16 O rei lhe disse: “Quantas vezes devo fazer você jurar que irá me dizer somente a verdade em nome do Senhor? ”
17 Então Micaías respondeu: “Vi todo o Israel espalhado pelas colinas, como ovelhas sem pastor, e o Senhor dizer: ‘Estes não têm dono. Cada um volte para casa em paz’ “.
18 O rei de Israel disse a Josafá: “Não lhe disse que ele nunca profetiza nada de bom a meu respeito, mas apenas coisas ruins? ”
19 Micaías prosseguiu: “Ouça a palavra do Senhor: Vi o Senhor assentado em seu trono, com todo o exército dos céus ao seu redor, à sua direita e à sua esquerda.
20 E o Senhor disse: ‘Quem enganará Acabe para que ataque Ramote-Gileade e morra lá? ’ “E um sugeria uma coisa, outro sugeria outra,
21 até que, finalmente, um espírito colocou-se diante do Senhor e disse: ‘Eu o enganarei’.
22 ” ‘De que maneira? ’, perguntou o Senhor. “Ele respondeu: ‘Irei e serei um espírito mentiroso na boca de todos os profetas do rei’. “Disse o Senhor: ‘Você conseguirá enganá-lo; vá e engane-o’.
23 “E o Senhor pôs um espírito mentiroso na boca destes seus profetas. O Senhor decretou a sua desgraça”.
24 Então Zedequias, filho de Quenaaná, aproximou-se, deu um tapa no rosto de Micaías e perguntou: “Por qual caminho foi o espírito da parte do Senhor, quando saiu de mim para falar a você? ”
25 Micaías respondeu: “Você descobrirá no dia em que estiver se escondendo de quarto em quarto”.
26 O rei então ordenou: “Enviem Micaías de volta a Amom, o governador da cidade, e a Joás, filho do rei,
27 e digam: ‘Assim diz o rei: Ponham este homem na prisão a pão e água, até que eu volte em segurança’ “.
28 Micaías declarou: “Se você de fato voltar em segurança, o Senhor não falou por meu intermédio”. E acrescentou: “Ouçam o que estou dizendo, todos vocês! ”
29 Então o rei de Israel e Josafá, rei de Judá, foram atacar Ramote-Gileade.
30 E o rei de Israel disse a Josafá: “Entrarei disfarçado em combate, mas tu, usa as tuas vestes reais”. O rei de Israel disfarçou-se, e ambos foram para o combate.
31 O rei da Síria havia ordenado aos seus trinta e dois chefes de carros de guerra: “Não lutem contra ninguém, seja soldado seja oficial, senão contra o rei de Israel”.
32 Quando os chefes dos carros viram Josafá, pensaram: “É o rei de Israel”, e o cercaram para atacá-lo, mas Josafá gritou,
33 e quando os comandantes dos carros viram que não era o rei de Israel, deixaram de persegui-lo.
34 De repente, um soldado disparou seu arco ao acaso, e atingiu o rei de Israel entre os encaixes da sua armadura. Então o rei disse ao condutor do seu carro: “Tire-me do combate. Fui ferido! ”
35 A batalha foi violenta durante todo o dia, e assim, o rei teve que enfrentar os arameus em pé no seu carro. O sangue de seu ferimento ficou escorrendo até o piso do carro de guerra, e ao cair da tarde, ele morreu.
36 Quando o sol estava se pondo, propagou-se um grito por todo o exército: “Cada homem para a sua cidade; cada um para a sua terra! ”
37 Assim o rei morreu e foi levado para Samaria, e ali o sepultaram.
38 Lavaram o seu carro de guerra num açude em Samaria onde as prostitutas se banhavam, e os cães lamberam o seu sangue, conforme a palavra do Senhor havia declarado.
39 Os demais acontecimentos do reinado de Acabe, e tudo o que fez, o palácio que construiu com revestimento de marfim, e as cidades que fortificou, tudo está escrito nos registros históricos dos reis de Israel.
40 Acabe descansou com os seus antepassados, e o seu filho Acazias foi o seu sucessor.
41 Josafá, filho de Asa, tornou-se rei de Judá no quarto ano do reinado de Acabe, rei de Israel.
42 Josafá tinha trinta e cinco anos de idade quando se tornou rei, e reinou vinte e cinco anos em Jerusalém. O nome da sua mãe era Azuba, filha de Sili.
43 Em tudo andou nos caminhos de seu pai Asa, e não se desviou deles; fez o que o Senhor aprova. Contudo, não acabou com os altares idólatras, nos quais o povo continuou a oferecer sacrifícios e a queimar incenso.
44 Josafá teve paz com o rei de Israel.
45 Os demais acontecimentos do reinado de Josafá, as suas realizações e façanhas militares, tudo está escrito nos registros históricos dos reis de Judá.
46 Ele livrou o país dos prostitutos cultuais que restaram depois do reinado do seu pai Asa.
47 Ora, na época não havia rei em Edom, mas sim um governador nomeado.
48 Josafá construiu uma frota de navios mercantes para buscar ouro em Ofir, mas nunca foram, pois eles naufragaram em Eziom-Geber.
49 Naquela ocasião, Acazias, filho de Acabe, disse a Josafá: “Os meus marinheiros poderão navegar com os teus”, mas Josafá recusou.
50 Josafá descansou com seus antepassados e foi sepultado junto deles na cidade de Davi, seu pai. E o seu filho Jeorão foi o seu sucessor.
51 Acazias, filho de Acabe, tornou-se rei de Israel em Samaria no décimo sétimo ano do reinado de Josafá, rei de Judá, e reinou dois anos sobre Israel.
52 Fez o que o Senhor reprova, pois andou nos caminhos de seu pai e de sua mãe e nos caminhos de Jeroboão, filho de Nebate, que fez Israel pecar.
53 Prestou culto a Baal e adorou-o, e provocou a ira do Senhor, o Deus de Israel, como o seu pai tinha feito.
1 Reis 22.1-53

1 Eu te louvarei, Senhor, de todo o coração; diante dos deuses cantarei louvores a ti.
2 Voltado para o teu santo templo eu me prostrarei e renderei graças ao teu nome, por causa do teu amor e da tua fidelidade; pois exaltaste acima de todas as coisas o teu nome e a tua palavra.
3 Quando clamei, tu me respondeste; deste-me força e coragem.
4 Todos os reis da terra te renderão graças, Senhor, pois saberão das tuas promessas.
5 Celebrarão os feitos do Senhor, pois grande é a glória do Senhor!
6 Embora esteja nas alturas, o Senhor olha para os humildes, e de longe reconhece os arrogantes.
7 Ainda que eu passe por angústias, tu me preservas a vida da ira dos meus inimigos; estendes a tua mão direita e me livras.
8 O Senhor cumprirá o seu propósito para comigo! Teu amor, Senhor, permanece para sempre; não abandones as obras das tuas mãos!
Salmo 138.1-8

17 O amigo ama em todos os momentos; é um irmão na adversidade.
18 O homem sem juízo, com um aperto de mãos se compromete e se torna fiador do seu próximo.
Provérbios 17.17-18

16 Pondo-se de pé, Paulo fez sinal com a mão e disse: “Israelitas e gentios que temem a Deus, ouçam-me!
17 O Deus do povo de Israel escolheu nossos antepassados, e exaltou o povo durante a sua permanência no Egito; com grande poder os fez sair daquele país
18 e os aturou no deserto durante cerca de quarenta anos.
19 Ele destruiu sete nações em Canaã e deu a terra delas como herança ao seu povo.
20 Tudo isso levou cerca de quatrocentos e cinqüenta anos. “Depois disso, ele lhes deu juízes até o tempo do profeta Samuel.
21 Então o povo pediu um rei, e Deus lhes deu Saul, filho de Quis, da tribo de Benjamim, que reinou quarenta anos.
22 Depois de rejeitar Saul, levantou-lhes Davi como rei, sobre quem testemunhou: ‘Encontrei Davi, filho de Jessé, homem segundo o meu coração; ele fará tudo o que for da minha vontade’.
23 “Da descendência desse homem Deus trouxe a Israel o Salvador Jesus, como prometera.
24 Antes da vinda de Jesus, João pregou um batismo de arrependimento para todo o povo de Israel.
25 Quando estava completando sua carreira, João disse: ‘Quem vocês pensam que eu sou? Não sou quem vocês pensam. Mas eis que vem depois de mim aquele cujas sandálias não sou digno nem de desamarrar’.
26 “Irmãos, filhos de Abraão, e gentios que temem a Deus, a nós foi enviada esta mensagem de salvação.
27 O povo de Jerusalém e seus governantes não reconheceram Jesus, mas, ao condená-lo, cumpriram as palavras dos profetas, que são lidas todos os sábados.
28 Mesmo não achando motivo legal para uma sentença de morte, pediram a Pilatos que o mandasse executar.
29 Tendo cumprido tudo o que estava escrito a respeito dele, tiraram-no do madeiro e o colocaram num sepulcro.
30 Mas Deus o ressuscitou dos mortos,
31 e, por muitos dias, foi visto por aqueles que tinham ido com ele da Galiléia para Jerusalém. Eles agora são testemunhas dele para o povo.
32 “Nós lhes anunciamos as boas novas: o que Deus prometeu a nossos antepassados
33 ele cumpriu para nós, seus filhos, ressuscitando Jesus, como está escrito no Salmo segundo: ‘Tu és meu filho; eu hoje te gerei’.
34 O fato de que Deus o ressuscitou dos mortos, para que nunca entrasse em decomposição, é declarado nestas palavras: ‘Eu lhes dou as santas e fiéis bênçãos prometidas a Davi’.
35 Assim ele diz noutra passagem: ‘Não permitirás que o teu Santo sofra decomposição’.
36 “Tendo, pois, Davi servido ao propósito de Deus em sua geração, adormeceu, foi sepultado com os seus antepassados e seu corpo se decompôs.
37 Mas aquele a quem Deus ressuscitou não sofreu decomposição.
38 “Portanto, meus irmãos, quero que saibam que mediante Jesus lhes é proclamado o perdão dos pecados.
39 Por meio dele, todo aquele que crê é justificado de todas as coisas das quais não podiam ser justificados pela lei de Moisés.
40 Cuidem para que não lhes aconteça o que disseram os profetas:
41 ‘Olhem, escarnecedores, admirem-se e pereçam; pois nos dias de vocês farei algo que vocês jamais creriam se alguém lhes contasse! ’”
Atos 13.16-41